RELEASES

Sulfato de cálcio granulado impulsiona produção na região Noroeste do RS

O Brasil deve assumir o posto de maior produtor de soja na próxima safra, ultrapassando os EUA. Dentro dessa meta, o Rio Grande do Sul tem papel fundamental, sendo que o estado é o terceiro maior produtor do grão no país.

De acordo com dados da consultoria Céleres, o RS deve ser o segundo estado com maior área cultivada no país, com 6 milhões de hectares, atrás apenas do Mato Grosso (com 9,8 milhões de hectares destinados à soja).

No estado gaúcho, a região noroeste é uma das principais produtoras de soja. Porém, apesar de produtivo, o solo da região é bastante argiloso. A soja, por sua vez, embora seja uma planta adaptável a diferentes tipos de solo, necessita de um solo com fertilidade média e que não seja muito ácido ou mal drenado, para desenvolver todo seu potencial produtivo.

Por isso, o equilíbrio do solo é a chave para uma estabilidade produtiva e a garantia de qualidade na lavoura. O sulfato de cálcio atua tanto nas camadas superficiais quanto nas mais profundas do solo, combatendo o vilão alumínio tóxico e melhorando o ambiente radicular, colaborando com a construção do perfil. Na forma granulada, apresenta grandes ganhos para o produtor em termos de redução de custo e quantidade de aplicação.

A partir da ajuda do cálcio e do enxofre, nutrientes presentes no sulfato de cálcio (também conhecido como gesso agrícola), o solo fica mais permeável, permitindo que as raízes se nutram com mais facilidade. Assim, o sulfato de cálcio entra como protagonista na adubação, principalmente onde há plantio direto, sendo aplicados uma parte no inverno e o restante no verão, como explica o especialista em solos Eduardo Silva e Silva. "O sulfato de cálcio é uma das principais composições para equilibrar o solo, fornecendo cálcio e enxofre desde a raiz até a parte aérea da planta", afirma Silva e Silva, que também é diretor técnico da SulGesso, empresa catarinense líder no fornecimento de sulfato de cálcio no sul do Brasil, e que tem registrado resultados surpreendentes em produtividade junto aos produtores gaúchos através do produto granulado, à base de cálcio e enxofre, chamado SulfaCal.

Produtores de Giruá e região aprovam o uso do SulfaCal na lavoura de soja - 

No município de Giruá, por exemplo, no noroeste do estado, o produtor Cássio Bernardo Conrad aplica sulfato de cálcio há 4 anos nas lavouras de soja e milho, com 200kg misturado com adubo na linha na hora do plantio. "Em todas as safras, seja no milho ou na soja, temos observado uma melhoria no sistema radicular da planta, principalmente em casos de estresse hídrico, ajudando para uma melhor produtividade", ressalta Conrad.

Para a obtenção do máximo potencial produtivo das cultivares é preciso que a planta esteja bem nutrida e um solo descompactado. "O solo da região é muito argiloso, sendo necessário aplicação de sulfato de cálcio para afrouxar e ajudar a flocular a argila", explica ainda o agrônomo.

Também em Giruá, na propriedade de André Kuhn, o SulfaCal será utilizado pela terceira vez nesta safra. "Usei no milho e comecei usar na soja também porque tem cálcio e enxofre, exatamente o que a nossa terra está pedindo. O resultado são raízes mais profundas e resistência à seca, possibilitando um bom incremento, principalmente, onde está faltando mais cálcio", destaca o produtor, que este ano deve utilizar 12 toneladas em 70 hectares de soja na linha, para repetir os números da última safra, onde colheu cerca de 67 sacas / ha.

Silva e Silva, agrônomo da SulGesso, ainda explica que, por tonelada de soja são extraídos em torno de 20kg de cálcio e 8,8kg de enxofre. "Então repor os nutrientes extraídos agora e realizar a manutenção dos níveis adequados de cálcio e enxofre são a garantia de constância nos médios a altos patamares de produtividade", salienta o especialista.

Para o produtor Roberto Gustavo Conrad, que produz também na região de Giruá, os resultados nos três anos de uso têm sido satisfatórios na soja e, também, no cultivo de milho. "Utilizamos de 180 a 200 kg na linha misturado com adubo e temos notado melhor enraizamento, bom perfil de solo e boas produtividades", destaca Roberto.

A empresa catarinense SulGesso fornece sulfato de cálcio granulado e in natura para todo o sul do Brasil e, na região noroeste do RS, atua através da parceria com a TrevoSul Comercial Agrícola, disponibilizando produtos para o equilíbrio químico do solo, especialmente através da utilização de fertilizantes minerais à base de cálcio e enxofre, como o produto SulfaCal.

Atendendo toda a região de Giruá e Santa Rosa há 25 anos, a TrevoSul fornece, além dos produtos, o auxílio e orientação técnica para o uso correto e adequado dos produtores, sempre com acompanhamento nas áreas de aplicação, como destaca o diretor da empresa, Auri Francisco Neves Brum.

"Junto aos produtores percebemos uma melhoria no enraizamento das plantas com a aplicação do SulfaCal. Também foi possível superar algumas adversidades climáticas, principalmente nos períodos de veranico. Além disso, ainda ajudamos o produtor com informações técnicas para fortalecer o solo dessa região, resultando em produtividade, melhor manejo e trazendo novos produtos", acrescenta o distribuidor da SulGesso na região.

 

 

Informações para a imprensa:

Texto: AgroUrbano Comunicação

Fotos: divulgação SulGesso

Fone/Whats: (51) 99165 0244

www.agrourbano.com.br

www.facebook.com/AgrourbanoComunicacao

Instagram: @agrourbano_comunicacao

Últimos Releases

Preencha seus dados

Preencha corretamente que entraremos em contato o mais breve possível.