RELEASES

Café Especial marca ação pelo Outubro Rosa

O movimento conhecido como Outubro Rosa nasceu na década de 1990, dedicado à saúde das mulheres, visando estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data, celebrada anualmente, tem como objetivo compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, além de contribuir para a redução da mortalidade.

Em 2018, a campanha do Instituto Nacional do Câncer (INCA) no Outubro Rosa tem como tema "Câncer de mama: vamos falar sobre isso?” A SulGesso, indústria do município que atua com o beneficiamento e comercialização de fertilizantes e condicionadores de solo, está engajada na causa, inclusive com a realização de uma atividade, em parceria com a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Imbituba.

As colaboradoras participaram do Café Especial Outubro Rosa, que aconteceu na última quinta-feira (18), na sede da SulGesso, para um bate-papo e esclarecimentos sobre o câncer de mama, que inspirou o lema adotado pela empresa neste mês, “Cultive o amor por você”.

Em um ambiente de descontração, mas com muita informação, alguns dados foram repassados pela Rede Feminina de Combate ao Câncer, como a estimativa do INCA 2018 de que os novos casos de câncer de mama este ano podem chegar a mais de 59 mil. “Frente a esses números, como empresa, temos uma responsabilidade e também a oportunidade de levar orientação, levar conhecimento para nossos colaboradores. É uma questão de saúde pública, pois são números alarmantes e uma causa que sensibiliza a todos”, destaca Isabela Ferreira, gestora de marketing da SulGesso.

Detalhes importantes como a prevenção do câncer de mama e de colo de útero foram abordados: a importância de realizar o autoexame, apalpando as mamas e o exame preventivo, que a mulher deve realizar anualmente. Outro método de prevenção é fazer o exame de mamografia rotineiramente de acordo com a indicação do médico ginecologista. Quanto mais cedo detectar o tumor, maiores as chances de se obter a cura. Na etapa inicial da doença, a probabilidade de cura é de 95%. “Este evento em parceria com a Rede Feminina de Imbituba é extremamente importante para poder levar informação e, junto com um café, aproximar ainda mais nossa equipe. É gratificante”, complementa Isabela.

Últimos Releases

Preencha seus dados

Preencha corretamente que entraremos em contato o mais breve possível.