RELEASES

Projeto Imbé recebe alunos para conhecer viveiro e ações sustentáveis

As crianças são os principais agentes transformadores da sociedade. Elas levam para o núcleo familiar conceitos e atitudes essenciais que aprendem na escola, inclusive sobre sustentabilidade e preservação ambiental. Por isso, o Projeto Imbé – iniciativa na área de educação ambiental criada pela empresa SulGesso – oferece aos alunos de escolas públicas mais uma ferramenta pedagógica para aprender a importância da conscientização ambiental. Na primeira etapa do projeto, foram abordados temas como a separação de lixo e a compostagem doméstica, opções para quem quer dar um melhor fim para o lixo orgânico, além da preservação do imbé e do butiá, plantas nativas da região.

Agora, em uma segunda etapa, o projeto busca mostrar aos alunos como funciona o viveiro de mudas e a horta mantidos pela empresa.

O viveiro é um espaço sustentável, que começou abrigando mudas de Butiá Catarinensis, uma planta nativa da região, como explica a engenheira agrônoma responsável, Morgana Tuzzi. “Começamos abrigando 1.300 mudas de Butia Catarinensis, depois percebemos que este espaço poderia ser melhor utilizado, então começamos a implantar outras iniciativas para fazer a revitalização do viveiro e a ideia principal foi uma horta”, explica Morgana.

No espaço, chamado Centro de Gestão Ambiental SulGesso, foi onde, na terça-feira, 27, os alunos da EEB Profª Gracinda Augusta  Machado tiveram contato com a terra e participaram de atividades de educação ambiental, oficina de plantio de mudas e colheita de verduras na horta. Os alunos do 5º ano conheceram o espaço ambientalmente correto e também tiveram contato com manejos sustentáveis das hortaliças.

Os canteiros comportam hoje alface, cenoura, cebola, rúcula, salsinha, tomates, berinjela, dentre outros legumes, todos cultivados de forma orgânica e que são distribuídos aos colaboradores da empresa.

As lições de sustentabilidade abordaram, por exemplo, o uso de materiais reutilizáveis, como pneu ao redor das hortas, mesinhas de concreto e garrafas pet para fazer vasinhos para plantas na oficina de plantio de mudas. “A intenção do viveiro é ser um espaço ambientalmente correto, sempre reciclando o que for possível; usamos materiais reutilizáveis, como pneus, para dar suporte na horta e, com garrafas pet, fazemos vasinhos autoirrigáveis para plantas”, destaca a agrônoma.

Para receber os alunos, foi montada uma tenda com lanches e algumas atividades. Após uma palestra ministrada pela engenheira agrônoma, os alunos plantaram sementes de árvores nativas e colheram alguns legumes para levar pra casa. “Na oficina de plantio de mudas, fizemos vasos de garrafa pet autoirrigáveis com barbantes para que as crianças pudessem levar para casa o que plantaram, cultivando o cuidado com a natureza e a preservação ambiental”, acrescenta Morgana.

"Este foi o primeiro ano do projeto Imbé realizado pela SulGesso, e ficou claro para nós como a iniciativa é bem acolhida pelas escolas que visitamos. Nossa ideia é dar continuidade em 2019, com novas ações em outras escolas do município, seja indo às escolas para promover palestras ambientais - como foi o caso do colégio Álvaro Catão no primeiro semestre -, seja recebendo os alunos nas dependências da empresa, como ocorreu com a escola Gracinda Augusta Machado", destaca Isabela Ferreira, gestora de marketing da SulGesso.

Últimos Releases

Preencha seus dados

Preencha corretamente que entraremos em contato o mais breve possível.